Fiz uma série de cagadas e como resultado perdi um pedaço de mim: Amanda.

Com este post inauguro agora minha saga: colocar minha vida nos eixos para que eu fique bem comigo mesmo e quem sabe eu consiga resgatar aquilo que eu perdi.

Estou a caminho de Minas, para uma longa e traumática conversa que terei com minha família. Vou começar a consertar as coisas pela base.

Dessa vez sem dissimulações, sem mentiras, sem esconder os fatos. Então não esperem (digo isso como se eu tivesse leitores assíduos que acompanham minhas postagens…) textos como os bifurcações.

Att,

Bernardo Mendes

Nunca é tarde para um recomeço.

Anúncios