Decifra-me.

Luis Paulo era um cara normal. Cheio de amigos, repleto de felicidades, tinha uma vida boa. Sociólogo. Talvez um filósofo, mas somente talvez…

Casado. Não tinha filhos. Pensava em adotar um.

Sua mulher, Lizandra. Dona de casa. Ótima vida, mas queria algo mais. Estava cansada de ser sustentada por Luis Paulo, ou melhor, HalfBoyfriend, como ela o chamava.

Pediu, então, o divórcio.

Meses depois recebe uma ligação. Era sua amiga, Cleide, no telefone: “Ele virou gay”.

Foi um choque para Lizandra. Tantos anos casado, e logo Luis Paulo, homem que nunca teve tendência, nem nada…

Ligou para ele: “É verdade que você virou gay?”

“Não, por que?” respondeu ele.

“Porque Cleide me ligou contando que agora você largou o emprego e está morando com o Guilherme. Logo com o Guilherme Half? Com ele. Um cara boa pinta, sempre bem acompanhado das mais belas da cidade. E você, que nunca teve tendências, nem nada…”

“Você entendeu mal Lizandra… Eu e o Guilherme temos uma espécie de sociedade: Ele me sustenta e em troca eu cuido da casa. Larguei meu emprego, agora posso ter mais tempo livre, tendo somente tarefas do lar para fazer. E em troca, sou sustentado.”

Lizandra desligou o telefone. Half continuou com sua vida. Lizandra, não sei…


Ou te devoro.

Anúncios