Se tu for um católico muito fervoroso, pula esse port e vai pros poemas e talz. Obrigado

Andei lendo a bíblia. E percebí que há muitas contradições. Não quero entrar em assuntos religiosos aki e talz. Mas enqnto lía, muitas passagens me deixaram encucados. Um blog muito bom me deu o que eu precisava pra refletir melhor…=DD

– Hórus nasceu de uma mulher virgem, divinamente fecundada e cujo nascimento foi divinamente anunciado
– Seu nascimento era festejado em 25 de dezembro.
– Na ocasião do seu nascimento pastores testemunharam o seu nascimento
– Mais tarde ele foi adorado por três deidades solares que trouxeram presentes
– Hórus tinha um pai adotivo humano
– Enquanto criança um deus chamado Herut tenta mata-lo
– Hórus permanece com sua mãe até os 12 anos de idade
– Aos 12 anos vai ao templo dos sacerdotes para um ritual de passagem
– Dos 12 anos aos 30, a história de Hórus é omitida
– Aos 30 anos de idade ele é batizado no rio Eridanus por Anup, o batizador (que é decaptado posteriormente)
– Hórus resiste as tentações de Sut no deserto de Amenta
– Hórus andou sobre as águas, expulsou demônios e curou enfermos (inclusive ressucitando Elazarus)
– Ele foi transfigurado para os seus discípulos em uma montanha
– Ele fez um sermão no pé da montanha de Hetep
– Ele era conhecido como a luz do mundo, representado por um olho
– Era conhecido como o bom pastor que guia com seu cajado
– Hórus era conhecido como KRST, o ungido.
– Hórus tinha 12 discípulos (alusão aos 12 signos do zodíaco)
– Hórus é a segunda pessoa da trindade egípcia. Atum o pai, Hórus o filho e Rá o espírito santo.
– A revelação dos ensinos de Hórus foi escrita pelo escriba Aan (João, o apostolo escriba, em hebraico é Yohanam)
– Hórus foi crucificado ao lado de dois ladrões e ressucitou depois de três dias
– A cidade onde Hórus foi sepultado e ressuscitado se chama Anu. Cristo foi sepultado na cidade de Betania, que é a junção das palavras “Bet” e “Anu”, ou Cidade de Anu. Tanto Anu e Betania também significam “casa do pão”. A cidade de Betania só existe na bíblia.
– Sua ressurreição foi anunciada por três mulheres

Mas o ponto que eu quero chegar é que isso não prova a inexistência de Jesus. WHAT? Um descrente defendendo alguma coisa escrita na bíblia? Calma, não estou dizendo que ele de fato existiu. Mas existe uma possibilidade lógica. Acompanhem meu raciocínio através da historinha que criei nessa cabeça meio doida.

Encheram a bola do menino…
Há dois milênios atrás, existia um sujeito pacifista em Israel. Seus pais se chamavam José e Maria, e sua namorada, Maria Madalena. Ele era marceneiro e no seu tempo livre andava por ai pregando uma série de ensinamentos. Apesar de falar algumas coisas legais (e outras nem tanto), ele se deu/deram a ele (mais provável =DD) título de divindade. Um dia o Estado ficou de saco cheio de ser criticado e lhe deu um fim.
Caso Jesus tenha existido, é perfeitamente lógico e provável que ele não tenha passado de uma espécie de militante, que criticava o sistema e acabou se tornando um mártir. A ele, foram atribuídos/desatribuídos uma série de feitos (assim como acontece com praticamente toda personalidade histórica), baseado em mitologias antigas, com intuito de tornar sua história a base de uma religião que estava para ser construída. Como naquela época tudo era atribuído a deuses e afins, ninguém questionou que ele realmente tenha andado sobre água ou curado um cego.

Fica a Dúvida.

Bernardo Mendes

Anúncios